Desde a invasão cultural da mitologia nórdica, o hidromel ganhou muita relevância. O que não faltam são fãs de bebidas artesanais loucos para descobrir como fazer hidromel em casa. Felizmente, o processo é descomplicado e requer poucos recursos, criatividade e paciência.

Continue a leitura e aprenda como preparar o seu próprio hidromel em casa!

Sobre o Hidromel …

Tão antigo quanto o vinho, o hidromel foi (e ainda é) muito apreciado nas regiões Leste e Setentrional da Europa, tendo uma relação com a mitologia nórdica, que inspirou alguns dos maiores clássicos de fantasia medieval e RPGs, como O Senhor dos Anéis, Dungeons & Dragons, Beowulf e mais atualmente, Game of Thrones, dentre muitos e muitos outros.

Taça de hidromel acompánhado com pote de mel ao fundo

Para além do status, diversos apaixonados por bebidas artesanais já fazem seu hidromel desde muito antes. É uma bebida com alto teor alcoólico (cerca de 20%) mas bem adocicada, que permite um nível incrível de experimentação com frutas e diversas especiarias.

O hidromel tradicional também possui gradações, como o vinho, podendo ser seco, demi-seco e doce. Com a adição de frutas, ganha muitas nuances. Entre as misturas mais populares há o Cyser, com maçã, Pyment, com uvas, Berry, com frutas de bagas, como morango e framboesa, o Stone Fruit, com frutas de caroço, que pode ser misturado com muita outras iguarias, grãos maltados, ervas e vegetais.

O que você precisa para fazer seu hidromel em casa

A lista é curta! Você vai precisar apenas de:

  • Mel, o mais puro possível. Caso esteja muito cristalizado, faça um banho-maria, mas sem mexê-lo.
  • Água mineral ou muito bem filtrada;
  • Fermento, dê preferência a fermentos específicos;
  • Instrumentos sanitizados (a bebida é muito sensível à contaminações e, mesmo tendo muita presença, pode acabar com off-flavours);
  • Fermentador. É aqui que toda a mágica acontece! Como o processo é bem longo, certamente você irá querer um fermentador com boa vedação e proteção;
  • Um sistema airlock e um sifão (apesar de opcionais, são altamente recomendáveis).

equipamentos para hidromel

O processo para produzir em casa

Vale a pena reforçar o aviso antes de começar: sanitize todos os instrumentos! Com um pequeno kit de sanitização você garante a higiene e pureza do processo e vai poder usá-lo em muitas outras produções.

Prepare a água

Caso queira adicionar alguma casca para dar um toque a mais, ferva-a um pouco com a água. Isso também ajuda a extrair suas propriedades. Mas não exagere na proporção, qualquer adicional pode muda completamente o sabor;

Ao decidir a quantidade de litros que irá produzir e ferver a água em uma média de 10 minutos, comece adicionando o mel à água aos poucos e misture. Evite que fique ele sedimentado no fundo. Com a ajuda de um densímetro, vá auferindo a proporção ideal de volume de cada parte. Medidas entre 1130 OG são ideais;

  • Dê outra pré-fervura antes de transferir o mosto (e lembre-se de deixar entre 12 e 18% do volume do fermentador livre, pois com a adição da levedura, o mosto fará mais volume);
  • Despeje cuidadosamente o mosto em seu fermentador e deixe atingir a temperatura ambiente. Se não for usar o pacote inteiro de levedura, reidrate-a, caso contrário, adicione sem mexer;
  • Tampe e prepare o airlock. O tempo estimado de fermentação é bastante relativo ao volume e a mistura. Uma média de 25 a 35 dias é recomendável. Você vai perceber o nível de maturação através do aspecto, do sabor e também pode auferir com o densímetro, em torno de 1020 OG é um bom indício. Porém, provar será sempre o melhor guia. Retire quando achar que o dulçor deixou de ser enjoativo;
  • Para clarificar a bebida, coloque o fermentador a uma temperatura baixa, pode ser na geladeira ou glicol;
  • Dê preferência a uma trasfega para engarrafar, ou acabará pegando muito sedimento do fermentador.

Sugestões

  • Após o envase, prefira guardar os fracos na geladeira;
  • Evite clarificadores. O melhor é deixar o processo acontecer naturalmente à baixas temperaturas;
  • Dê prioridade à pureza do mel e da água;
  • Trabalhe com todo o equipamento sanitizado, em um local limpo. É importante evitar contaminações;
  • Faça experimentos. O hidromel é muito versátil, o importante é só não exagerar;
  • Indicações para mistura: limão siciliano, cereja, chips de carvalho (para ter um aspecto mais seco), frutas silvestres, cascas de frutas cítricas, condimentos como cominho, gengibre;
  • Se envasar em um frasco especial e conseguir produzir uma bebida com sabor agradável para o público geral, por que não tentar vendê-lo? Muitas pessoas têm vontade de experimentar hidromel, mas não possuem tato ou paciência para fazer sua própria bebida;

Você vai adorar a experiência de produzir hidromel! Além de fácil e barato, é muito prazeroso. Certamente você fará sucesso com seus amigos e, quem sabe, consegue até um dinheiro extra com seu hobby.

Aos apaixonados pelo mundo das bebidas artesanais, a Vinho e Cerveja Em Casa têm todos os equipamentos necessários para produzir. Em nosso blog, você também encontra uma série de artigos com dicas, reviews e novidades sobre o tema. Assine nossa newsletter e receba tudo em primeira mão!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *