Neste post vamos dar continuidade à nossa série de receitas, onde você sempre confere um novo estilo de cerveja. Hoje, separamos, para você, um tipo especial que cai muito bem no verão: o estilo Summer Ale.

A cerveja do verão – ou Summer Ale – é exatamente isso, uma bebida perfeita para adicionar ao seu repertório de em dias quentes.

Por isso, nós, da Indupropil, pensamos que este seria um ótimo momento para ensinar aos nossos leitores uma receita de cerveja caseira de Summer Ale. Faça em casa para se refrescar em dias muito quentes de verão! Você está pronto para a receita?

Afinal, o que caracteriza uma Summer Ale?

Baseadas nas cervejas inglesas, as Summer Ales são de cor clara, leves, de baixo teor alcoólico e são moderadas no quesito lúpulo. Por ser um estilo bem equilibrado, a Summer Ale ainda permite que o apreciador tenha uma boa noção do caráter do malte.

Em suma, a Summer Ale é de cor palha clara à dourada, com amargor médio a baixo, corpo leve a médio e com doçura residual baixa à média. Por serem muito bem equilibradas, são uma ótima opção para a produção como uma cerveja SMaSH.

O que é uma cerveja SMaSH?

SMaSH significa Single-Malt e Single-Hop, ou seja, a filosofia aqui é: “escolha um malte, um lúpulo e prepare!”. É uma ótima maneira de aprender sobre as características de um ingrediente específico. Você também pode tentar preparar uma única cerveja à base de malte e escolher vários lúpulos ou leveduras diferentes para cada uma.

As Summer Ales fazem parte da categoria Blonde Ale (6B), que faz parte das cervejas de cores claras, sendo as mais consumidas no mundo. Portanto, devemos buscar as seguintes diretrizes ao criar uma receita de cerveja caseira desse estilo:

 Receita de 10 litros de Summer Ale:

  • OG: 1.045
  • FG 1010
  • Cor: 2,0 SRM
  • IBU: 25
  • ABV: 4,4%

Maltes:

  • 2,0kg Malte Pilsen ou Vienna (91%)
  • 0,2 kg Aveia em Flocos (9%)
  • 66°C @60min

Lúpulos:

  • 15g Lúpulo Cascade @30min
  • Raspas de 01 Limão @0min ABV: 3,8 – 5,5%

Modo de preparo da cerveja Summer Ale

  1. O primeiro passo é a escolha do malte

É preciso pegar um bom malte básico, algo com poder diastático ou a capacidade de quebra de amidos. Então, escolha um dos maltes possíveis: malte Pilsen ou malte Vienna. Ambos são ótimas opções. Esse poder diastático é referente aos maltes que tem às características que aumentam a quantidade de enzimas no processo de mosturação, deixando a cerveja mais leve.

Qualquer coisa que tenha sido muito queimada no forno, como malte de caramelo, não conterá enzimas suficientes para uma mistura bem-sucedida. Se estiver produzindo malte com extrato, experimente um extrato de malte líquido de alta qualidade.

Se você ainda é um cervejeiro em início de carreira ou é apenas um entusiasta e está pensando em se inserir neste universo, é importante ler mais sobre a função do malte na cerveja.

  1. Escolha, também, um lúpulo

Para a nossa receita de Summer Ale, estamos recomendando o Cascade. Os baixos ácidos alfa garantirão que a amargura da cerveja não seja excessiva. Por outro lado, é a sua bebida, então, você pode escolher o lúpulo que quiser.

3.Escolha um fermento de cerveja

Nesse contexto, um fermento inglês para cerveja seria o mais apropriado. Boas leveduras secas incluem Safale-S04, Nottingham, Munton e Windsor. Lembre-se de que estamos apenas dando possibilidades para você, então, sinta-se livre você escolhe um para este lote, depois outro para o próximo lote e depois compara os resultados.

  1. Siga o processo de fabricação das cervejas artesanais

A partir daqui, é preciso que você siga todos os passos para uma produção de cerveja: mosturação, filtração, fervura do mosto, resfriamento, fermentação, maturação e envase, já que este é um tipo de cerveja tradicional, onde todas essas etapas devem ser cumpridas.

Para que a sua receita saia exatamente como você espera, será preciso que você tenha equipamentos de qualidade e que siga os padrões de sanitização e higienização necessários para que nada estrague a cerveja. Lembre-se, também, da importância da água no processo de fabricação da cerveja, já que a qualidade da água é fundamental para o resultado final, principalmente quando estamos falando de uma cerveja leve, como é o caso da Summer Ale.

Na hora da fermentação também é preciso ficar atento, já que este processo é bastante minucioso e pode influenciar totalmente no resultado da sua cerveja artesanal.

Você já experimentou uma Summer Ale caseira? Você tem uma receita que gostaria de compartilhar? Deixe nos comentários abaixo e fique sempre ligado no blog cervejeiro da Indupropil, que é o seu espaço de leitura sobre cervejas artesanais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *