O consumo de vinho remonta historicamente à algumas das primeiras sociedades.

Desde antigamente já conferiam muitas propriedades incríveis ao vinho, mesmo incapazes de constatar cientificamente e, no fim, muitas delas não estavam erradas. Definitivamente o consumo controlado e regular de vinho é capaz de trazer uma série de benefícios ao corpo.

A uva é uma das frutas mais ricas em vitamina E e polifenóis. Essas duas propriedades são alguns dos antioxidantes mais famosos e importantes. A Vitamina E ajuda a metabolizar, por exemplo, os minerais, que não são simplesmente absorvidos pelo corpo. Os polifenóis fortalecem a proteção do organismo, os antioxidantes são propriedades que melhoram a produção de moléculas que corrigem as falhas causadas pelos “radicais livres”, que são responsáveis por diversos problemas, do envelhecimento precoce ao câncer.

Os radicais livres são moléculas com cargas irregulares, que acabam consumindo a vida útil de outras células, diminuindo bastante sua vida útil. Muitas vezes seu excesso [de radicais livres] é causado por fatores como estresse, poluição, maus hábitos de consumo.

Os benefícios do vinho!

Separamos uma série de benefícios em consumir vinho para você. Lembrando que algumas dicas são mais oportunas com o vinho tinto que possui mais cascas na produção, onde se acumula boa parte dos polifenóis;

1 – Termogênico

O vinho, entre as bebidas alcoólicas, certamente é um dos que dá menos ‘barriguinha’. Aqueles que geralmente causam isso são os vinhos mais açucarados.

Já os tintos com menos açúcares dão uma boa mobilizada no organismo, ajudando-o a trabalhar um tanto mais rápido. Uma vez que você começa uma dieta, o vinho pode ser um bom auxiliar pois, com o organismo trabalhando mais, seu corpo irá buscar energia na gordurinha armazenada, ótimo companheiro pra não sofrer em dieta, não?

2 – Saúde Cardíaca

Associado aos bons hábitos e exercícios, o resveratrol, substância saudável dos taninos da uva ajuda a consumir o colesterol nociva para a saúde vascular, além de reduzir os níveis de açúcar no sangue (por forçar o consumo de energia pelo organismo), reduzindo sua pressão arterial, outro benefício enorme para seu coração!

3 – Depressão, Alzheimer e Demência

As causas da depressão ainda são longamente discutidas, mas, um dos fatores apontados por muitos estudiosos é uma espécie de inflamação de baixo nível do sistema endocrinológico, somado a outros fatores.

A depressão causa uma deterioração, assim como outras doenças são causadas, como o Alzheimer.

Lembrando das propriedades antioxidantes do vinho, é fácil pensar na regra importante que as vitaminas e polifenóis contra a deterioração de tecidos, especialmente aqueles mais sensíveis, como os do cérebro jogam na prevenção.

Lembrando que o consumo deve ser bastante moderado, o excesso de álcool pode causar inclusive efeitos adversos aos apontados.

4 – Diabetes!

É claro que devemos considerar o tipo da diabetes para mensurar a eficiência de cada medida e se é adequado o consumo de vinho, mas, salvo restrições, toda ajuda é bem-vinda;

Ora, imagine dos benefícios gerais que citamos sobre controlar o nível de açúcar, pressão arterial e colesterol nocivo. Essas três propriedades vão diretamente de encontro com alguns dos problemas mais comuns entre os diabéticos.

O controle glicêmico tem sido constatado em estudos aos poucos, uma medida que pode ajudar um pouco e de forma prazerosa!

Uma vida de qualidade é baseada em harmonia. Evite o abuso de álcool, tomar vinho em excesso não irá aumentar a disposição de seus efeitos, pelo contrário: pode acabar causando outros problemas piores.

Seja consciente e tenha prazer com uma vida saudável!

No portal da Vinhos e Cerveja Em Casa da Indupropil você encontra mais artigos sobre bebidas artesanais e os melhores preços em equipamentos completos para sua produção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *