O grande crescimento do mercado de bebidas artesanais abriu um novo nicho para os cervejeiros e produtores de vinho avançarem em suas pequenas produções por hobbie.

Se você tem considerado transformar sua paixão em fonte de renda, esse é o momento adequado, já que os comércios que buscam produtos originais têm evoluído para atender a demanda de seus consumidores mais exigentes – e a cultura de bebidas artesanais é um ambiente amigável e aberto à experimentos.

É importante levar alguns pontos em consideração se você tem interesse de ingressar nesse ramo. Confira!

Escolha sua bebida favorita 

Diferente da produção industrial, que costuma criar artificialmente sua demanda, ao estar em contato direto com seu público, você será o primeiro a controlar o rigor de qualidade de sua produção e deve estar aberto a ouvir as demandas reais de seus clientes.

Comece produzindo aquilo que gosta, especialize-se em um número restrito de artigos, ao menos para começar, assim poderá ter um controle de qualidade do qual você seja sempre o primeiro crítico.

É certo que o marketing e distribuição jogam uma regra importante em todo o processo, mas a qualidade jamais deixará de ser a essência de um produto. No fim, a qualidade de seu produto será sempre a vitrine de sua marca, a procedência. Então não ignore as críticas e demandas de seu público inicial, ele irá traçar seu horizonte de ação. Um engajamento genuíno, acreditar no que se faz, é a chave para trabalhar com amor e convicção.

Estude muito 

Uma parte importante de amadurecer e aprender é observar.

Você não precisa simular o modus operandi daqueles que fazem sucesso, cada um se desenvolve com os recursos e competências que tem, mas é indispensável entender quais fatores trouxeram êxito ou dificuldades à um empreendimento.

A arte de produzir bebidas artesanais é antiga e já passou por muitas etapas. Alguém que tenha um interesse genuíno por seu meio certamente terá interesse em entender a história e os desdobramentos daquela prática.

Produzir bebidas artesanais, acima de tudo, é um processo que envolve um conhecimento em química. Há autores que produzem livros e séries que destrincham as técnicas junto da história de forma descomplicada.

Quando se é capaz de imaginar os processos além dos cálculos e termos técnicos, aquela prática ficou internalizada e o rigor deixa de ser algo técnico e impessoal para ser naturalizada.

Observem também as campanhas de marketing e o estado de seu mercado, você pode reproduzir em menor escala fórmulas de sucesso com seus próprios recursos. A criatividade nem sempre demanda capital, mas comprometimento e paixão.

Garanta que seu negócio tenha bons materiais 

Apesar da criatividade e da irreverência não custarem nada, os equipamentos e ingredientes são produtos e possuem custos reais que vão além do tempo e da dedicação.

Comidas e bebidas são produtos absorvidos pelo organismo e precisam ter boa procedência. É mais do que uma questão de paladar, é uma questão de saúde.

Seu equipamento e seus ingredientes serão uma parte importante de sua capacidade produtiva e jamais devem ser negligenciados.

Montar um bom setup não implica em grandes gastos, mas especialmente em boa pesquisa, em equipamentos que se adequem à uma meta bem estabelecida e que possam ser ampliados com o tempo.

Procure ir testando aos poucos a qualidade dos maltes e lúpulo, seu sabor, rendimento, vá agregando variedade na medida em que fica familiarizado com a produção. Isso certamente será um grande diferencial.

 

No portal Vinho e Cerveja em Casa da Indupropil você encontrará todo o equipamento e dicas preciosas para seu empreendimento em bebidas artesanais, não deixe de acesso nosso conteúdo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *