Mais de 90% do tipo de cerveja mais consumida no Brasil vem da família Lager. Que são cervejas de baixa fermentação, ou seja, fermentadas em baixas temperaturas e tem como principais atributos a cor clara, cristalina, de baixo amargor e maltada com adições de arroz e milho. Ideais para serem consumidas estupendamente geladas.

Dentre as Lagers, a Pilsner (ou Pilsen) é, de longe, o tipo de cerveja mais consumido e aposta de todas as cervejarias grandes. E esse fato não é exclusivo do Brasil, ao redor de boa parte do mundo, esse é o tipo que mais figura nos rótulos mundo afora. Seu sabor ameno e refrescante, o baixo teor alcoólico e a capacidade de harmonizar com diversos alimentos fideliza muitos bebedores de cerveja que não lidam bem com os sabores fortes, densos e às vezes amargos das Ales.

As Lagers propriamente ditas, cervejas puro malte ou com adição de arroz maltado e sabor um pouco mais amargo e denso também são muito bem aceitas, especialmente as marcas internacionais que fazem fama mundial e, aos poucos, caem nas graças do consumidor regular de cerveja, fazendo das Lagers o segundo tipo de cervejas mais consumidas. Junto com as Pilsens, elas ultrapassam 90% do nível de consumo nacional e quase a mesma margem em nível mundial.

Mas nem só de Lagers e Pilsens vivem o cervejeiro e, na medida em que o paladar de muitos entusiastas se sofistica, outros tipos de cervejas entram no páreo das grandes e ganham o interesse de muitos consumidores.

Separamos algumas das favoritas de fora do mainstream das cervejas em nossa lista;

IPA

American Indian Pale Ales são as queridinhas do underground da cerveja. Cervejas totalmente fora dos padrões das grandes empresas: amargas, escuras, frutadas e de alta fermentação.

As IPAs causam um fascínio enorme e são um dos tipos mais consumidos pelos entusiastas e receita de ouro de maioria dos brewers. Existe inclusive um evento apenas de IPAs, a IPADay Brasil, em Ribeirão Preto, com um dia de open de mais de 40 rótulos de IPAs brasileiras.

O gênero das Pale Ales em geral tem grande espaço e competitividade no mercado, muitas são produzidas com embalagens únicas, um atrativo para colecionadores.

STOUT

Esse tipo de cervejas pretas tem um forte sabor de torrado, lembrando café e chocolate. Possuem um alto teor alcoólico e estão presentes no mercado brasileiro desde muito tempo. Harmonizam bem com diversos alimentos e tem uma base leal de consumidores.

WEIZENBIERS 

As tradicionais cervejas de trigo alemãs são uma sensação e bebida obrigatória para quem quer que esteja ingressando no mundo das cervejas. Seus rótulos lendários cheios de tradição monástica e alemã como um todo são o reflexo da pureza cervejeira.

Seu líquido denso e ligeiramente adocicado é um grande atrativo, além do ritual de se misturar o fermento sedimentado no fundo da garrafa.

VIENNA LAGERS

Outro tipo que remete às regiões germânicas, as Vienna Lagers são cervejas ambares, bem equilibrada, com sabores sutis de caramelo e malte tostado.

CERVEJAS TEMÁTICAS E IMPORTADAS  

Muitos dos sabores citados acima são favoritos dos brewers e selos de algumas cervejarias maiores. De certo, muitos importam os rótulos mais populares de cada gênero, apesar de o mercado e os eventos de cervejeiros artesanais ter crescido exponencialmente e ser capaz de distribuir suas bebidas sem deixar nada a dever à marcas tradicionais.

Um artifício de marketing muito usado e que todos amam é o dos rótulos temáticos, existem diversas no Brasil e no mundo com os mais diversos temas. No Brasil há cases de sucesso, como as cervejas Duff, do épico seriado americano The Simpsons. Outro sucesso instantâneo foram as cervejas em homenagem ao ator Mussum, a Biritis.

Mundo afora há inúmeros rótulos temáticos de bandas, como a britânica Iron Maiden, a australiana AC/DC e até a banda brasileira de metal Sepultura. Cada uma trazendo um sabor popular e tradicional de seu país. Artigos de desejo para cervejeiros, colecionadores e geeks, há com temas de série como Star Wars e O Senhor dos Anéis e com os rótulos mais exóticos e divertidos que fazem referências à cultura pop ou trazem piadas infames e até líquidos de cores incomuns e embalagens inusitadas.

A paixão nacional pela cerveja tem cada vez mais potencial cultural e de mercado, com a internet e a diversificação dos empreendimentos, cada vez mais pessoas experimentam cervejas novas e uma indústria que começa a ganhar os holofotes cresce, trazendo uma variedade imensa para todos os fãs com sede de novidades!

No portal da Vinho E Cerveja Em Casa você confere uma seleção especial de cervejas nacionais, artigos sobre a cultura cervejeira e todos os artigos para sua própria produção artesanal. Acesse e compartilhe nas redes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *